Ouça a Smooth FM em qualquer lado.
Faça o download da App.

Sugestões Culturais

MUSEUS / EXPOSIÇÕES / MONUMENTOS

Partilhamos aqui algumas das sugestões culturais que falamos na emissão.
MUSEUS / EXPOSIÇÕES / MONUMENTOS

EXPOSIÇÃO LIVROS PROIBIDOS 
É ainda no ambiente da comemoração dos 50 anos do 25 de abril que a Biblioteca Municipal do Barreiro recebe a exposição "Livros Proibidos". No espaço vai estar uma vasta seleção de livros proibidos que foram censurados durante a ditadura. Org.: CMB Câmara Municipal do Barreiro  
De 23 de abril a 31 de julho, na Biblioteca Municipal do Barreiro, SetúbalA entrada é gratuita. 

FIND YOUR EMOTIONS 
A segunda edição da Mostra Find Your Emotions será a 9 de maio no espaço La Distillerie em Lisboa. Após o sucesso de público e de negócios da primeira edição, a exposição Find Your Emotions está de volta a Lisboa. A mostra, que tem a interpretação das emoções como fio condutor, irá reunir desta vez as obras de três jovens artistas no dia 9 de maio na La Distillerie: os portugueses Filipe Amaral e David Reis Pinto e os brasileiros Stenio Oliveira e Gabriel Gemaque. Oriundos de vivências e estilos diversos, os três conectam-se pela arte, convergem no tema central da mostra e convidam o público a encontrar a sua própria interpretação do tema por meio das obras expostas.  A curadoria e a organização do evento estão a cargo da dupla Renata Hessel e Luciana Sampaio.  
Segundo Renata, “a exposição convida o público a encontrar as suas emoções e, assim como na primeira edição, reúne artes plásticas e música, fazendo com que percebam a arte e os sentimentos por ela provocados através do estímulo de outros sentidos”.  A partir de dia 9 de maio, La Distillerie em Lisboa.

AS MULHERES DE MARIA LAMAS (exposição)
Maria Lamas era jornalista e escritora, pedagoga e investigadora, tradutora e fotógrafa, lutadora pelos direitos humanos e cívicos em tempos de ditadura. Foi considerada uma das mais notáveis mulheres portuguesas do século XX.   
As Mulheres de Maria Lamas é uma exposição que apresenta pela primeira vez a sua obra fotográfica, nunca antes exibida em Portugal. Uma seleção de 67 das suas fotografias, maioritariamente provas vintage, objetos pessoais de Maria Lamas, bem como o seu retrato pintado por Júlio Pomar em 1954 e o busto em gesso esculpido, em 1929, por Júlio de Sousa. A secção destinada à sua obra literária e jornalística incluirá exemplares de primeiras edições dos livros fundamentais, literatura infantil, poesia e ficção, traduções, algum jornalismo. 

Patente na Biblioteca de Arte Gulbenkian em Lisboa, até 28 de maio de 2024, das 10h às 18h.  A entrada é livre, sujeita à lotação do espaço.  

COLEÇÃO PETER MEEKER: OBRAS DE 1982 – 2019 
Para celebrar o seu quarto aniversário, a Casa São Roque, em Campanhã, apresenta uma seleção de obras da coleção de arte internacional de Peter Meeker (Pedro Álvares Ribeiro), que teve início na década de 80, no Porto, e inclui mais de 600 peças de 40 artistas. Aquela que é a terceira exposição coletiva da coleção de Peter “centra-se em gerações de artistas que cresceram em países que recuperaram a liberdade após regimes políticos repressivos e que partilham posições existenciais: os polacos que refletem a transformação após 1989, e os portugueses que refletem a modernização após a revolução de 1974”, avança a instituição. 
Horário: de quarta a segunda-feira, até 31 maio, das 12h às 18h, Casa São Roque, Porto.

NÃO RIA. O HUMOR É UM ASSUNTO MUITO SÉRIO: 100 ANOS DE SAM
Uma exposição que celebra o centenário do nascimento de SAM, ou Samuel Azavey Torres de Carvalho (1924-1993), que teria feito 100 anos a 31 de janeiro de 2024. Artista mutifacetado, tendo-se destacado na área do cartoon, das artes plásticas e da escultura. Esta mostra é composta maioritariamente por cartoons (do saudoso Guarda Ricardo a Margueritte), colagens e desenhos originais, integrando ainda algumas esculturas e quatro Filmezinhos do Sam (RTP, 1989), interpretados por Mário Viegas e Vítor Norte. 
Esta exposição terá duas partes. A primeira parte, decorre entre 31 de janeiro e 24 de março; a segunda, entre 26 de março e 19 de maio. Nesta segunda parte, cerca de 40 cartoons expostos na primeira parte serão substituídos por outras quatro dezenas de desenhos originais. 
Num todo, está em exibição de 31 de janeiro a 19 de maio de 2024, com o seguinte horário: 3ª feira a domingo, das 10h00 às 18h00.

ARTE NO FEMININO — 10 ANOS 10 ARTISTAS 
A presença das mulheres nas artes plásticas tem uma história longa, rica, diversificada e de crescente afirmação societal, embora muitas vezes tenham enfrentado desafios e discriminações diversas ao longo do tempo. O principal pretexto para realização de uma exposição mobilizadora de artistas femininas surgiu, naturalmente, associado à celebração do Dia Internacional das Mulheres, dia 8 de março, instituído em 1975, pelas Nações Unidas, para evocar e celebrar os direitos e conquistas da Mulher e o seu papel ativo e fundamental na História e na Sociedade. 
Tendo em vista a seleção das 10 artistas, assumiram-se diversos pressupostos: terem, em algum momento da sua vida, ligação com a ULisboa ou universidades precedentes (estudantes, professoras/investigadoras ou técnicas), e se possível com alguma diversidade de unidades orgânicas, para assim fazer jus à ideia da Fusão; cobrirem diferentes manifestações das artes plásticas; e a coexistência de artistas mais experientes e consagradas com artistas mais jovens e emergentes. 
José Manuel Simões - Comissário para as Comemorações dos (723+) 10 Anos da ULisboa - Curador da Exposição. 
8 de março a 31 de maio 2024  na Reitoria da Universidade de Lisboa, Horário: 2.ª a 6ª-feira, das 10h às 18h. 
Artistas: Ana Bonifácio/ Ana Lima Neto/ Ana Margarida Matos/ Ângela Ferreira/ Isabel Sabino/ Mariana Castro / Marta Soares/ Paula Rego/ Vanessa Barragão/ Virgínia Fróis. 

WINDOWS TO LOOK IN    
WINDOWS TO LOOK IN integra a trajetória de pesquisa do artista multidisciplinar Lorenzo Senni, que tem vindo a abordar temas como voyeurismo e vandalismo. Neste projeto, o artista criou uma obra composta por 14 fotografias, das quais 5 serão apresentadas em Serralves, e uma composição musical, que explora o conceito de “falsa reflexividade”, qualidade conferida à obra pela tinta especial com que criou os temas fotografados. Estas evocam o ato de olhar e olhar para si mesmo, a necessidade de comprometimento. O projeto é apresentado em antevisão na Fundação de Serralves, no Porto, e será posteriormente promovido internacionalmente através de uma série de eventos, realizados em colaboração com a Bourse de Commerce de Paris e o Museu Munch de Oslo. 
No Auditório de Serralves, Porto, de 5 de abril a 10 junho de 2024.  Acesso gratuito. 

EXPOSIÇÃO CALOR  
André Romão, um dos artistas portugueses mais relevantes da geração nascida nos anos 80, apresenta “Calor” a sua primeira exposição individual no Museu de Serralves. A mostra retoma os temas fundamentais da investigação do artista, que abarca conceitos de hibridização e metamorfose, e reforça uma noção de fluidez e horizontalidade entre o natural e o artificial, o orgânico e o humano e animal, ou o humano e o maquinal.  
Romão transporta-nos para um ambiente inquietante onde um conjunto de esculturas e cartazes usados nas campanhas de doação de sangue, questionam a noção de corpo normativo e as diretrizes das nossas sociedades contemporâneas que estabelecem padrões de conduta que, muitas vezes, excluem aqueles que não se enquadram nas categorias tradicionais de identidade e comportamento e não pertencem aos modelos hétero-cis-normativos. Partindo desta ideia, a exposição abre caminho para novas perspetivas e níveis de consciência na nossa relação com o Outro, aquele que é diferente, que habita o mundo de maneira distinta.  A exposição é organizada pela Fundação de Serralves — Museu de Arte Contemporânea de Serralves e tem curadoria de Inês Grosso, curadora-chefe do Museu de Serralves.  
Museu de Serralves, Porto, até 2 Junho, 2024.

AH, AMÁLIA, LIVING EXPERIENCE 
Ah, Amália, Living Experience é um convite a entrar na vida da artista que continua a apaixonar o Mundo. Mais do que uma exposição, trata-se de uma "living experience" que cruza todos os sentidos e emoções – o som, o visual, o virtual, o imersivo e o inesperado. Amália de forma nunca antes vista, ouvida e sentida. Todas as experiências, nesta exposição, estão combinadas num percurso expositivo com diferentes ambientes temáticos, explorando o espólio material e imaterial da artista, instalações cenográficas, tecnologia de ponta, conteúdos dinâmicos e interativos, aliados a um storytelling que conjuga o físico com o digital. Um espetáculo audiovisual em 360º, um filme de realidade virtual e uma atuação em holograma são apenas algumas das instalações que vai poder visitar. 
Até Maio de 2027, no espaço 8 Marvila, antigo Armazém Abel Pereira da Fonseca, Lisboa.

SERRALVES EM FESTA  
O Serralves em Festa está de regresso! A vasta programação integra propostas de interação das artes visuais com as artes performativas, em próxima articulação com um notável património paisagístico e arquitetónico e em sintonia com a atividade regular do Museu de Arte Contemporânea, da Casa do Cinema Manoel de Oliveira e do Parque de Serralves que este ano assinala 100 anos. 
Com centenas de atividades e de artistas portugueses e provenientes de diferentes partes do mundo, haverá Música, Dança, Performance, Circo Contemporâneo, Teatro, Cinema, Fotografia e várias atividades educativas, ao longo de 50 horas, neste que é o maior evento da cultura contemporânea em Portugal e um dos maiores da Europa. Estão também patentes exposições como "Allora & Calzadilla – Entelechy", "Carla Filipe - In My Own Language I Am Independente", "A Quem Possa Interessar - Uma Coleção, Uma Carta", "Ryoji Ikeda - Micro | Macro [Pavilion]", "Projetos Contemporâneos: António Júlio Duarte – Febre", "Manoel de Oliveira e o Cinema Português - A Bem da Nação (1929-1969)" e "A Arte dos Cogumelos". 
De 1 a 4 junho no Parque Serralves, Porto.  

YAYOI KUSAMA: 1945 — HOJE 
Yayoi Kusama: 1945 — Hoje é o nome da exposição que narra a história da vida e obra da artista Yayoi Kusama, ícone cultural do século vinte e um. Com cerca de 160 trabalhos, incluindo pinturas, desenhos, esculturas, instalações e materiais de arquivo, esta exposição explora a carreira de Kusama desde os seus primeiros desenhos, feitos na sua adolescência durante a Segunda Guerra Mundial, às suas obras de arte imersivas mais recentes. Organizada cronologicamente e por temas, esta exposição retrospetiva conduz os visitantes através da produção criativa de toda uma carreira, dividida por grandes tópicos: Infinito, Acumulação, Conectividade Radical, Biocósmico, Morte e Força de Vida. 
No Museu de Serralves no Porto até 29 de setembro de 2024. 
Bilhetes aqui.

THE BEST OF CALOUSTE GULBENKIAN MUSEUM  
Calouste Gulbenkian foi um homem de negócios, colecionador de arte e filantropo de origem arménia que escolheu a cidade de Lisboa para passar os seus últimos anos de vida e expor a sua coleção.  Venha conhecer o homem por detrás do colecionador, os seus gostos e a sua época, através das histórias que envolvem a compra das peças mais emblemáticas da sua coleção. Esta visita começa com os faraós do Antigo Egito, continuando pelo Médio Oriente e Extremo Oriente, atravessando depois a Europa, desde as artes decorativas do século XVIII até aos artistas que mais fascinaram Calouste: Rembrandt, Turner e o seu amigo René Lalique.  
Uma visita guiada a uma fascinante Coleção privada que abrange pintura, escultura e artes decorativas, desde o Antigo Egito até à Arte Nova. 
Para visitas guiadas em português, inglês, francês, espanhol e mandarim para grupos particulares deve agendar com pelo menos duas semanas de antecedência.  
Na Galeria Principal do Museu Calouste Gulbenkian, Lisboa, até 30 de setembro de 2024.  

JAPÃO: FESTAS E RITUAIS 
Ao longo do ano, realizam-se no Japão inúmeras festas e rituais tradicionais de natureza religiosa, de grande importância social e cultural. A exposição "Japão: Festas e Rituais" dá a conhecer estas celebrações através de mais de 1500 peças, expostas pela primeira vez.  Partindo dos princípios do Xintoísmo e Budismo no Japão, esta mostra convida a descobrir as celebrações anuais, de onde se destacam o Ano Novo e as festas dos Rapazes e das Raparigas, a par de ritos de purificação, proteção e funerários, cultos de fertilidade e cerimónias de final do ano. Numa impressionante cenografia que integra recriações de altares e espaços de culto, a exposição apresenta objetos devocionais, estatuetas, gravuras, instalações multimédia, fotografia e vídeo. 
Até 31 dezembro 2024 na Fundação Oriente em Lisboa. 

MISTERIOSO EGITO 
O espetáculo multimédia imersivo “Misterioso Egito” é uma adaptação criativa de mais de 3 mil anos de história, que vai deslumbrar o espetador com os seus efeitos visuais e música, transformando este espaço num testemunho vivo desta fascinante civilização. Nesta viagem de trinta minutos, acompanhados pela voz de Ricardo Carriço, exploramos alguns dos momentos e elementos mais simbólicos com icónicas “paragens”. Descobrimos o tesouro do Faraó Tutankhamon – que celebra 100 anos – desvendamos o enigma por detrás da famosa Pedra de Roseta (1799), conhecemos grandes faraós como Ramsés II – O Grande, avistamos as grandes Pirâmides, entre muitos outros elementos arquitetónicos e pictoriais que fazem parte deste imaginário. 
“Misterioso Egito” leva-o a encarnar o papel de explorador e partir à descoberta pelo universo misterioso do antigo Egito. Duração: 30 min 
Alfandega do Porto, até 31 dezembro 2024 

IMPRESSIVE MONET 
Impressive Monet é uma reinterpretação das obras de arte de um dos impulsionadores do impressionismo que mostra o que está para além da moldura, através de uma viagem pelo mundo de artista e pela sua busca interminável pela captura da luz. O público será imerso pelo movimento impressionista do artista e envolto pelas linhas e cores que fazem parte do mundo de Monet. Brilliant Klimt traça o percurso pelos aspetos biográficos e pelo legado artístico do artista austríaco através da sua pintura icónica - O Beijo. Este será o fio condutor da viagem pelo trajeto artístico ao mesmo tempo que são exploradas as influências do mundo de Klimt. 
Alfandega do Porto, até 31 dezembro 2024

PINTURA EM MOVIMENTO - VIEIRA DA SILVA (EXPOSIÇÃO) 
Uma exposição imersiva, uma experiência sensorial, única e inovadora, que alia a obra de arte com a imagem em movimento e o som. 
“Pintura em Movimento” é o nome da primeira exposição imersiva em Portugal dedicada à obra de um artista português. 
O músico e compositor Rodrigo Leão assina a banda sonora original, especialmente criada para esta animação da pintura de Maria Helena Vieira da Silva. 
24 junho 2023 a 31 dezembro 2025 
World of Discoveries é um Museu Interativo e Parque Temático que reconstrói a fantástica odisseia dos navegadores portugueses, que cruzaram oceanos à descoberta de um mundo desconhecido. Fernão de Magalhães, Vasco da Gama, Bartolomeu Dias — esta é a oportunidade perfeita para visitantes conhecerem as histórias dos desbravadores mais famosos e carismáticos de Portugal. Desvende as fantásticas odisseias portuguesas enquanto desfruta de exposições multi-sensoriais e interativas. Além disso, o seu Bilhete sem fila garante que não precise esperar para desfrutar de toda a diversão. Com 20 instalações permanentes incríveis, sinta-se como um verdadeiro desbravador nesta jornada inesquecível. Relembre a história de Portugal com performances ao vivo com atores fantasiados com trajes do século XV, e deixe sua imaginação guiá-lo através das exposições interativas, incluindo o túnel de 9 metros, réplica do Cabo da Boa Esperança.
HORÁRIOS: Dias úteis- 10H00 às 18H00 (última entrada às 17H30) / Fins-de-semana e feriados- 10H00 às 19H00 (última entrada às 18H30)
A luz e o brilho que trespassa o vidro têm sido a fonte de inspiração de muitos artistas. O Vitral é uma das formas de pintura artística mais disseminadas desde o Renascimento. Tem alimentado a alma dos crentes através de relatos religiosos em Igrejas e Claustros; com o vitral comemoram-se eventos sociais e vitórias políticas em edifícios públicos e é um nobre elemento decorativo de muitos lares familiares. Em Portugal, pode visitar e saber mais osbre esta arte no Museu do Vitral, no Porto. Lá pode ver a exposição que celebra o trabalho notável criado no Atelier Antunes, o mais antigo de Portugal, reconhecido internacionalmente pelas suas magníficas obras com uma exposição que inclui obras-primas em vitrais tradicionais, painéis decorativos, instalações marcantes de arte abstrata, esboços originais, maquetes e um caleidoscópio de 400 cores de vidro. 
Pode visitar esta exposição Permanente e o Museu do Vitral, todos os dias das 10h às 19h. Sem data para terminar.

MUSEU DA MODA E DOS TÊXTEIS 

O Museu da Moda e dos Têxteis está alojado em Vila Nova de Gaia, no quarteirão da WOW.É lá que pode conhecer os passos todos, desde o processamento da matéria-prima para obtenção do fio, passando pela tecelagem, acabamentos, confeção da peça e terminando na recriação de uma montra. Pode conhecer também o trabalho de alguns dos estilistas mais prestigiados em Portugal, e alguns dos novos talentos, e a arte da filigrana.
Pode visitar o museu as 12h às 19h durante a semana e a partir das 10h aos fins de semana, os bilhetes estão à venda no site. Sem data para terminar.

SÉ CATEDRAL DO PORTO
(MUSEU + CLAUSTROS + TORRE)

Construída numa localização privilegiada na cidade, a catedral da Sé do Porto é é um dos edifícios mais antigos e mais bonitos do Porto. O exterior do edifício parece uma cidadela antiga a vigiar a “cidade invicta”. No interior, a nave central e os claustros oferecem uma experiência mística que se compara somente à sua coleção única de cenas bíblicas feitas com azulejos típicos portugueses.
Descubra a incrível Sé do Porto com visitas aos claustros, ao museu e à torre. Suba à torre e tenha uma vista panorâmica incomparável sobre o Rio Douro e o centro histórico do Porto. Passeie pelos claustros e encante-se com as paredes únicas de azulejos que representam cenas religiosas.
Horário de Verão (abril a outubro): De segunda a domingo, das 9h00 às 18h30. A torre encerra às 18h00.

Sugestões Culturais

Preencha os seguintes dados, por favor:

Por favor, faça a conta abaixo.