Ouça a Smooth FM em qualquer lado.
Faça o download da App.
17 setembro 2023
16:50
Agência Lusa

Volta a Espanha em bicicleta de 2024 com saída de Lisboa e três etapas em Portugal

Volta a Espanha em bicicleta de 2024 com saída de Lisboa e três etapas em Portugal
LUSA
Esta será a segunda vez que a Volta a Espanha em bicicleta começará em Lisboa.

A Volta a Espanha em bicicleta de 2024 vai arrancar em Lisboa e as três etapas iniciais serão em Portugal, foi hoje anunciado pela organização, numa conferência de imprensa em Madrid.

A edição de 2024 da Vuelta vai começar em 17 de agosto em Lisboa, em princípio, com um contrarrelógio entre a Torre de Belém e a Praia da Torre, no concelho de Oeiras.

Seguir-se-ão mais duas etapas em Portugal, nos dias 18 e 19 de agosto, entre Cascais e Ourém e entre a Lousã e Castelo Branco.

Segundo a organização, um dos objetivos para o arranque da Vuelta2024 em Lisboa é ser "um exemplo" de como Portugal e Espanha podem candidatar-se juntos a grandes eventos mundiais.

Esta será a segunda vez que a Volta a Espanha em bicicleta começará em Lisboa, depois de o mesmo ter acontecido em 1997, para promover a Expo98, que se realizou na capital portuguesa.

Segundo dados fornecidos pela organização, a prova espanhola envolve atualmente uma caravana de cerca de três mil pessoas, a que corresponde um gasto médio de 150 euros por dia e por pessoa na semana anterior a cada etapa nos locais de origem de cada jornada da competição.

Além da caravana, a Vuelta é transmitida pela Rádio Televisão Espanhola (TVE) para 190 países, destacou ainda a organização da prova.

"A Vuelta é um evento muito internacional e o que temos de fazer é aprofundar essa internacionalização. Mas, sobretudo, tem de o fazer com aliados e amigos da Vuelta. É verdade, a Vuelta sai de outro país, mas penso que os espanhóis não podem dizer que sai do estrangeiro, porque quando vamos a Portugal sentimo-nos em casa", disse o diretor geral da prova, Javier Guillén.

O diretor da Vuelta sublinhou que esta corrida "mostra ao mundo os territórios e os lugares" por onde passa e revelou que a saída de Portugal em 2024 é resultado de um trabalho com mais de dois anos entre a equipa que organiza a competição e autoridades portuguesas, entre elas, o Turismo de Portugal e autarquias.

Javier Guillén acrescentou que o ano que falta até à Vuelta2024 será de "muitas ações, preparativos e surpresas" e que está "absolutamente maravilhado com todos os recursos" que tem Lisboa e as outras cidades por onde vão passar as etapas em Portugal.

Também presente na conferência de imprensa de hoje, em Madrid, esteve o embaixador de Portugal em Espanha, João Mira Gomes, que defendeu que "quando trabalham em conjunto", os dois países "podem fazer coisas muito grandes".

O arranque da Vuelta de 2024 em Lisboa "é um exemplo" disso, acrescentou o embaixador, que espera que o mesmo volte a acontecer em 2030, com o Mundial masculino de futebol.

João Mira Gomes destacou que a Vuelta vai passar por "lugares muito turísticos", como Lisboa, Oeiras ou Cascais, mas também por outros menos conhecidos, o que materializa uma "mensagem de um tema que é muito importante para Portugal e para Espanha, que é o desenvolvimento do interior e a cooperação transfronteiriça".

Os ciclistas da Vuelta vão em 2024 atravessar o centro de Portugal, até Castelo Branco, e depois cruzar a fronteira, "a raia, que é uma linha que já não existe, para continuar no lado espanhol", realçou.

"É a melhor das melhores das promoções", disse, por seu turno, a responsável do Turismo de Portugal em Espanha, Maria de Lurdes Vale.

Segundo revelou, sete milhões de espanhóis visitam Portugal anualmente e com a Vuelta, que terá "um percurso espetacular" em território nacional, poderão conhecer locais menos turísticos que serão "uma surpresa para muitos", acrescentou.

Para Maria de Lurdes Vale, é uma "oportunidade ter a Vuelta em agosto em Portugal".

Vereadores das câmaras de Oeiras e de Cascais estiveram também na conferência de imprensa em Madrid, que arrancou com um vídeo do presidente da Câmara de Lisboa, Carlos Moedas, filmado junto à Torre de Belém, em que deu as boas-vindas à Vuelta2024.

A Vuelta2024 terminará em 08 de setembro em Madrid, depois de sair de Lisboa em 17 de agosto, naquela que será a quinta vez que começa fora de Espanha.

Anteriormente, a Vuelta já começou em França e nos Países Baixos.

Em 2020, estiveram previstas duas etapas da Vuelta em território português, com passagens por Porto, Matosinhos e Viseu, mas foram canceladas por causa da pandemia de covid-19.

O início da prova de 2024 em Lisboa foi anunciado no último dia da Vuelta2023, que termina hoje em Madrid.