Ouça a Smooth FM em qualquer lado.
Faça o download da App.
18 setembro 2023
16:58
Agência Lusa

Liga Portugal com saldo positivo na época passada

O organismo nacional de futebol aprovou hoje o relatório de contas relativo à época 2022/23.

A Direção da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) aprovou hoje, no Porto, o Relatório e Contas referente à época 2022/23, do qual destaca um saldo positivo de 1,2 milhões de euros, divulgou hoje o organismo.

Em comunicado, a LPFP realça que este valor é “oito por cento superior ao orçamentado, numa época que ficou marcada pelo facto de as receitas terem ultrapassado, pela primeira vez na história da Liga Portugal, os 24 milhões de euros”.

“O resultado marca o oitavo ano consecutivo com resultados operacionais positivos, em mais uma prova inequívoca da maturidade e estabilidade da Liga Portugal”, refere o organismo que tutela o futebol profissional.

A LPFP considera que “o caminho percorrido sob a presidência de Pedro Proença, desde julho de 2015, garantiu uma estrutura financeira robusta, sustentada e rigorosa, que lhe permite encarar com confiança reforçada os desafios do futebol profissional”.

Deste valor, a Direção propõe alocar 550 mil euros ao Fundo de Apoio - Otimização Energética e Ambiental e de apoio à Produção Audiovisual, a que podem aceder as sociedades desportivas participantes na I e II ligas, excetuando as equipas B, numa demonstração de “compromisso com a sustentabilidade e a melhoria do produto”.

Foi também aprovado “a alocação de 267.408,50 euros para o reforço do Fundo de Contingência, criado em 30 de setembro de 2019 para fazer face às contingências judiciais e fiscais existentes, que, sendo referentes a factos ou processos herdados, aconselham a que o princípio de prudência seja uma constante na gestão da instituição”.

“A gestão financeira responsável e os resultados positivos apresentados são um testemunho do empenho da direção da Liga Portugal em manter a estabilidade financeira e promover investimentos significativos em áreas cruciais”, refere o comunicado.

Estes resultados serão submetidos à aprovação em Assembleia Geral, marcada para 28 de setembro.

Mais Notícias