Ouça a Smooth FM em qualquer lado.
Faça o download da App.
30 novembro 2023
18:26
Redação / Agência Lusa

Assembleia da República manifesta pesar pelas vítimas da estrada

Assembleia da República manifesta pesar pelas vítimas da estrada
Lusa
O Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada, assinalou-se a 19 de novembro.

A Assembleia da República aprovou esta quinta-feira, por unanimidade, um voto de pesar pelas vítimas da sinistralidade rodoviária, por ocasião do Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada, que se assinalou a 19 de novembro.

O voto, apresentado pelo presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva, salienta que em Portugal "os números da sinistralidade mantêm-se preocupantes, ainda que revelem uma tendência decrescente em quase todos os principais indicadores face a 2019", ano de referência para monitorização dos objetivos fixados pela Comissão Europeia e por Portugal para 2030.

Segundo o último relatório da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) disponível, respeitante à sinistralidade verificada entre janeiro e junho de 2023, registaram-se no Continente e nas Regiões Autónomas 17.121 acidentes com vítimas, 238 vítimas mortais, 1.226 feridos graves e 19.886 feridos leves.

Em relação a idêntico período de 2019, registaram-se menos 288 acidentes, menos 22 vítimas mortais, mais 65 feridos graves e menos 1.070 feridos leves.

"A Assembleia da República presta a sua homenagem às vítimas da estrada, manifesta o seu profundo pesar e solidariedade às respetivas famílias e amigos e reconhece o contributo das forças de segurança, das equipas de emergência e dos restantes profissionais de saúde que diariamente são chamados a lidar com esta trágica realidade, bem como o papel relevante da sociedade civil na sensibilização para a prevenção de acidentes e no apoio aos sinistrados e seus familiares", lê-se na parte resolutiva do voto.

O Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada foi adotado em 26 de outubro de 2005 pela Organização das Nações Unidas (ONU), com o objetivo de homenagear as vidas perdidas nas estradas, sendo celebrado no terceiro domingo do mês de novembro.