Ouça a Smooth FM em qualquer lado.
Faça o download da App.
01 fevereiro 2024
16:26
Redação / Agência Lusa

Protestos de agricultores cortam trânsito em 15 vias

Protestos de agricultores cortam trânsito em 15 vias
GNR
Última atualização foi divulgada pela GNR.

O número de estradas cortadas esta quinta-feira ao trânsito devido ao protesto dos agricultores aumentou para 15, entre as quais duas autoestradas (AE), de acordo com a última atualização divulgada pela Guarda Nacional Republicana (GNR).

Num ponto de situação, publicado na rede social X, a GNR informou que às 15h00 se mantinham cortadas ao trânsito a A25 no distrito da Guarda e A6 no distrito de Portalegre, registando-se um aumento dos cortes em itinerários complementares, (IC) Estradas nacionais (EN) e Estrada municipais (EM).

A A25 mantém-se cortada em ambos os sentidos, entre Vilar Formoso e Pínzio, sendo as alternativas indicadas pela GNR a EN16 e a EN332. Ainda no distrito da Guarda encontra-se também cortada a EN324, no Alto Leomil, com a EN16 a servir também de alternativa a esta via.

No distrito de Portalegre mantém-se cortada a A6, em Elvas, sendo as alternativas as EN 4 e 373.

Ainda no distrito de Portalegre, encontram-se cortadas as EN371 - Elvas/Campo Maior (alternativa EN246), a EN246-1 - Marvão (alternativa EM 251), a EN4 – Vila Boim (alternativa a EN373, Alandroal) e a estrada Ramo D (Borba), tendo como alternativa a EN255.

Há ainda a registar neste distrito o corte da EN4 (em Elvas) e da Municipal 1106-1 (Arronches), mas nestes dois últimos casos a GNR não indica alternativas.

Em Setúbal, mantém-se cortado o Itinerário Complementar 1 (IC1) na zona da Mimosa, mas a GNR aponta agora como alternativa a EN261. No mesmo distrito está cortada a EN121, em Ermidas do Sado, sendo a alternativa a EN259.

No distrito de Évora está cortada a EN256, sendo a alternativa a EN386, e no distrito de Beja está cortada a EN260 (em Vila Verde de Ficalho), sendo a alternativa a EN385.

Em Mogadouro, no distrito de Bragança, encontra-se cortada ao trânsito a EN221-7, para a qual a GNR não indica alternativas.

No distrito de Santarém encontra-se cortado o IC3, no concelho do Entroncamento, em alternativa ao qual a GNR aponta a EN101.

Os agricultores estão hoje na rua com os seus tratores, de norte a sul do país, reclamando a valorização do setor e condições justas, tal como tem acontecido em outros pontos da Europa.

O protesto, uma iniciativa do Movimento Civil de Agricultores, decorre um dia depois de o Governo ter anunciado um pacote de mais de 400 milhões de euros, destinado a mitigar o impacto provocado pela seca e a reforçar o Plano Estratégico da Política Agrícola Comum (PEPAC).