Ouça a Smooth FM em qualquer lado.
Faça o download da App.
19 abril 2024
10:48
Agência Lusa

Netflix reforça assinantes, faturação e lucros no primeiro trimestre de 2024

Netflix reforça assinantes, faturação e lucros no primeiro trimestre de 2024
Empresa apresentou lucros de 2,3 mil milhões de dólares, um crescimento homólogo de 78,7%.

A Netflix anunciou esta quinta-feira um aumento de assinantes em 9,3 milhões no primeiro trimestre de 2024, quando os analistas esperavam uma redução, elevando o total para cerca de 270 milhões.

A empresa norte-americana faturou no período em apreço 9,37 mil milhões de dólares e lucrou 2,3 mil milhões de dólares, números que também se situaram acima das expectativas dos analistas e das próprias previsões da empresa.

O crescimento homólogo dos lucros foi de 78,7% e o do volume de negócios de 16%.

O desempenho trimestral mostra que a empresa continua a beneficiar do ataque iniciado no ano passado à partilha de palavras-passe, que permitiam acessos grátis a conteúdo.

Em 2023, esta política permitiu uma subida do número de assinantes em 30 milhões.

O aumento de subscritores agora apresentado da Netflix mais do que quadruplica os 1,8 milhões conseguidos no período homólogo e é o triplo dos que os analistas esperavam.

Os investidores estão também a ver que a empresa sedeada em Los Gatos, no Estado da Califórnia, como a vencedora de uma batalha forte na atividade de transmissão em contínuo, que inclui Apple, Amazon, Walt Disney Co. e Warner Bros. Discovery.

Mas a Netflix surpreendeu os investidores ao revelar que vai deixar de divulgar atualizações trimestrais sobre os números dos seus subscritores, a começar no próximo ano, o que vai dificultar saber se estão a aumentar ou a diminuir.

Desde que está cotada há 22 anos, a empresa sempre divulgou trimestralmente os seus subscritores.

Além do aumento dos assinantes dos seus serviços, a Netflix colocou um foco acentuado no aumento da receita e do lucro.