Ouça a Smooth FM em qualquer lado.
Faça o download da App.
19 maio 2024
19:04
Agência Lusa

Santa Clara sagra-se campeão da II Liga

Santa Clara sagra-se campeão da II Liga
Santa Clara
Os açorianos venceram a União de Leiria por 2-0, na última jornada.

O Santa Clara foi superior e venceu hoje a União de Leiria por 2-0, em Ponta Delgada, com dois golos na segunda parte que deram aos açorianos o título de campeão da II Liga de futebol.

Os açorianos terminam o campeonato com 73 pontos, mais dois do que o Nacional, conquistando a II Liga 23 anos depois (a primeira foi em 2000/01).

O primeiro golo chegou aos 63 minutos por intermédio de Pedro Ferreira, que, sem deixar a bola tocar no relvado, rematou de primeira para o fundo das redes, para gáudio dos adeptos.

Aos 80 minutos, uma boa jogada pela ala esquerda, culminou com a finalização certeira de Bruno Almeida, levando o público a gritar pelos “campeões”.

Os adeptos responderam ao repto e marcaram presença no último jogo da época do Santa Clara. A poucos minutos do apito inicial, no exterior do recinto, centenas de pessoas formavam extensas filas para entrar no Estádio de São Miguel, que ficou perto de atingir a lotação máxima neste último jogo da época.

Muitos dos adeptos não chegaram a tempo de ver a boa entrada do Santa Clara, mas assistiram a um jogo equilibrado no primeiro tempo, marcado pelo maior ascendente ofensivo do Santa Clara, mas com oportunidades de golo para ambas equipas.

Os açorianos conseguiram instalar-se no meio-campo contrário, mas encontraram no guarda-redes Kieszek uma barreira difícil de superar. Aos 11 e 19 minutos, o guarda-redes polaco evitou o golo com boas defesas a remates de Bruno Almeida e Calila, respetivamente.

A União de Leiria, contudo, através de contra-ataques, também conseguiu criar vários lances perigosos. Aos 18 minutos, Arsénio Nunes, isolado, esteve perto do golo, mas a intenção foi travada por uma enorme defesa de Gabriel Batista.

Na segunda parte, a equipa de Vasco Matos ajustou os comportamentos defensivos e a União de Leiria teve mais dificuldades em chegar com perigo à baliza açoriana.

Os açorianos ficaram mais confortáveis na partida assim que chegaram ao primeiro golo. A formação insular formou um bloco defensivo compacto, aproximando as linhas e tapando os caminhos da baliza à formação leiriense.

Mais Notícias