Ouça a Smooth FM em qualquer lado.
Faça o download da App.
27 junho 2024
18:19
Redação / Agência Lusa

Obras condicionam trânsito no IP3 no início de julho

Obras condicionam trânsito no IP3 no início de julho
LUSA
Vai estar condicionado entre 01 e 04 de julho.

O Itinerário Principal 3 (IP3) vai estar condicionado entre 01 e 04 de julho na zona de Santa Comba Dão, sendo o trânsito desviado por Carregal do Sal e Mortágua, anunciou esta quinta-feira a Infraestruturas de Portugal (IP).

"No âmbito dos trabalhos para a substituição do viaduto ferroviário da Linha da Beira Alta sobre o IP3, em Santa Comba Dão, será necessário proceder ao desvio de tráfego à passagem pelo local dos trabalhos”, justifica numa nota de imprensa enviada à agência Lusa.

O trânsito "será desviado para o Itinerário Complementar 12 (IC12)  e Estrada Regional 230 (ER230) entre os quilómetros 82 e 101 do IP3, entre as 08h00 do dia 01 de julho e as 18h00 do dia 04 de julho".

O trânsito no sentido Coimbra-Viseu será desviado na saída para o IC12, até Carregal do Sal e, depois, pela ER 230 até Tondela, onde é possível entrar novamente no IP3 em direção a Viseu.

"Esta intervenção tem como objetivo a substituição do viaduto ferroviário existente por uma nova estrutura com a dimensão adequada a permitir a duplicação e requalificação do IP3, entre o Nó da Lagoa Azul e o Nó de Ligação a Viseu", adianta a IP.

Adicionalmente a estes trabalhos na Linha da Beira Alta, acrescenta a IP e para a realização de trabalhos de pavimentação na ponte de Santa Comba Dão vai ser também necessário cortar o trânsito entre o nó do Vimieiro e o nó de Santa Comba Dão, no dia 02 de julho, entre as 14h00 e as 18h00.

No sentido inverso, "entre o nó de Santa Comba Dão e o nó do Vimieiro, o corte acontece no dia 03 de julho entre as 08h00 e as 13h00” sendo o desvio de trânsito realizado por Mortágua e estando devidamente sinalizado.

Após a reabertura ao trânsito, vão ser respostas as condições iniciais de circulação no IP3, sendo "removida toda a sinalização temporária, bem como eliminada a supressão da via da esquerda em ambos os sentidos, passando a circulação rodoviária neste troço do IP3 a realizar-se em regime normal", informa.

Ainda na nota de imprensa, a IP apela à compreensão pelos incómodos e inconvenientes que estas situações possam provocar, indicando que "os trabalhos e respetivos desvios estarão devidamente sinalizados em toda a sua extensão".

Mais Notícias